fbpx
Mulher a política eleita no Estado Novo Datapolicy

A 1º mulher na política e sua atuação no Estado Novo.

Sua eleição foi  um aquele marco importante na história política brasileira, abrindo caminho para mulher na política na vida deste país! Quem será que foi a primeira mulher eleita no Estado Novo e que lutou por nós? A DataPolicy te conta! Veja agora no nosso Blog!

Quem foi a 1º mulher na política nacional?

A primeira mulher na política eleita para o Congresso Nacional no Brasil foi a deputada Carlota Pereira de Queirós. Ela foi eleita em 1934, durante a chamada “Era Vargas”. 

Carlota foi uma médica e política brasileira que se filiou  ao Partido Constitucionalista. Sua eleição foi um importante marco na história política brasileira, abrindo caminho para a participação feminina na política do país. 

Acontece, que ela realmente foi uma política atuante e muito inteligenteDurante seu mandato, ela lutou por causas sociais e trabalhistas, como a regulamentação do trabalho feminino e principalmente proteção às trabalhadoras grávidas. 

Também defendeu os direitos das mulheres e da igualdade de gênero, sabiam? Veja como no próximo tópico!

Carlota a primeira mulher eleita na política

1ºmulher na política no Estado Novo: como foi sua atuação?

A deputada Carlota Pereira de Queirós deixou um legado importante para as mulheres brasileiras, abrindo caminho para a mulher na política e na sociedade como um todo. Mas, como? 

Sabiam que ela chamou Bertha Lutz, que era líder da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino,  para elaborarem um trabalho para a Constituinte de 1934? Se achou interessante. Leia mais sobre o assunto neste livro!  

A primeira mulher eleita defendeu  os direitos das mulheres, como as eleições, reformas educacionais (no ensino médio) e regulamentações trabalhistas, bem como questões como igualdade salarial e demissão por gravidez. Demais, né!

O livro da 1º mulher na política e sua contribuição sociológica

Carlota Pereira de Queiroz também foi escritora, com obras como A Família no Estado Novo (1939) e A Mulher e a Política (1951) que tratam de questões relacionadas à mulher na sociedade e na política.  

O livro A Família no Estado Novo (1939) da primeira mulher na política trata dos aspectos sociológicos relevantes da família durante o Estado Novo no Brasil (1937 – 1945).

A Família no Estado Novo (1939), de Carlota Pereira de Queiroz, tem sido amplamente citado e estudado por estudiosos e sociólogos como uma importante obra de análise do Estado Novo e das relações familiares no Brasil.

Pesquisadores e estudiosos sociológicos referem-se a esse trabalho ao discutir questões da sociologia política brasileira, sociologia da família, história política e história das mulheres. 

Estudiosos frequentemente citam e se referem aos livros de Carlota Pereira de Queiroz em seus estudos e pesquisas na tentativa de analisar e contextualizar a política e a ideologia do Estado Novo e seu impacto na sociedade brasileira

Essas referências apoiam o argumento e contribuem para nossa compreensão desses períodos históricos e suas implicações sociológicas mais amplas. 

Gostou deste conteúdo? Sugira temas para a nosso Blog! 

Leia a seguir Índice de Democracia: o que é?

Compartilhar

Sobre o autor

Letícia Medina

Letícia Medina

Analista de marketing da DataPolicy responsável por estratégia de conteúdo de marketing e marketing digital da startup.