Como fazer Monitoramento Executivo [Passo a Passo]

Aqui vamos te mostrar o passo a passo de como fazer o Monitoramento Executivo visando facilitar o seu trabalho. Mas antes, você sabe o que é monitoramento Executivo?

O que é monitoramento Executivo?

O Monitoramento Executivo é basicamente o acompanhamento das ações dos governos e suas prestações de contas. Diferente do Monitoramento Legislativo, onde você observa as leis aprovadas e em tramitação, no Executivo, como o próprio nome já diz, você vê o que está sendo executado.

E o quê o Executivo tem de interessante para nos mostrar?

Bom, é o Executivo que faz acontecer (literalmente); institui e administra Programas; sanciona ou veta leis; e monta as equipes responsáveis por cada pasta pública, como educação, saúde, turismo e cultura. Por isso, ao monitorar o Executivo, você fica sabendo das decisões feitas pelos governadores, ministros e, principalmente, pelo presidente da República. Esse processo é importante e deve se tornar um hábito para quem pode ser impactado de alguma forma por suas decisões, ou seja, todo mundo!

Você com certeza viu no jornal nesses últimos meses várias notícias sobre ações do Poder Executivo relacionadas à pandemia da COVID-19. Algumas dessas ações impactaram de forma positiva ou negativa no combate à crise sanitária, como por exemplo a exoneração dos Ministros da Saúde e a Medida Provisória nº 999/2020, que liberou os recursos necessários para pagamento dos Auxílios Emergenciais. A primeira, de fato, atrapalhou a continuidade dos planos de contenção do vírus, enquanto a segunda foi importante para manter a renda das famílias, sobretudo as mais desfavorecidas financeiramente.

Esses são alguns dos exemplos em que a ação do Executivo afeta em nossas vidas, mostrando, assim, que é necessário seu acompanhamento, para que com o auxílio das relações governamentais possamos ter cada vez melhores ações para sociedade.

Mas como eu posso adquirir as informações sobre o Executivo? [Passo a Passo]

Podemos encontrar todas as ações do Poder Executivo nos Diários Oficiais de cada ente federativo – União, Estado e Município – e também nos sites oficiais da presidência da república, governos estaduais e prefeituras municipais. Para ficar por dentro de tudo e realizar o Monitoramento Executivo, podemos seguir algumas dicas preciosas e bem simples. Não acredita?! Então veja:

#1 Primeiro Passo: Acompanhe notícias de jornais renomados para se atualizar sobre o que acontece no país e no seu estado.

#2 Segundo Passo: Vá nas fontes oficiais para se informar sobre o Poder Executivo, como o Diário Oficial, sites das instituições e as ferramentas disponibilizadas pelos Tribunais de Contas dos Estados (TCEs).

#3 Terceiro Passo: Faça sua pesquisa utilizando atalhos de busca do site ou então o famoso atalho “Crtl +F” para acessar mais rápido as suas pautas de interesse dentro do DOU.

#4 Quarto Passo: Faça seu cadastro nos sites oficiais para receber notificações por e-mail sobre determinada ação ou projeto

#5 Quinto Passo: Use o Portal da Transparência como seu aliado, busque saber mais sobre o que está sendo feito: para onde e quanto dos recursos públicos está sendo utilizado para determinado programa, por exemplo.

Viu como foi fácil?

Monitoramento Executivo automatizado

Fazer o Monitoramento Executivo é um processo complexo que vai ficando cada vez mais simples com a prática. Além desse modo tradicional de monitoramento, há ferramentas automatizadas que utilizam recursos de Inteligência Artificial para fazer esse trabalho por você. Quer saber mais? Leia I.A para análise de Impacto Regulatório!

Eu também quero saber mais sobre o Monitoramento Legislativo e suas Práticas!

Compartilhar

Sobre o autor

Letícia Medina

Letícia Medina

Analista de marketing da DataPolicy responsável por estratégia de conteúdo de marketing e marketing digital da startup.